Bíblia e Comunicação – Linguagem-objeto e meta-linguagem

Bíblia e Comunicação
Erní Walter Seibert
IV Fórum de Ciências Bíblicas – Barueri, 5 e 6 de junho de 2008
______________________________

3.15 Linguagem-objeto e meta-linguagem

Para finalizar este capítulo sobre os elementos constitutivos do processo de comunicação queremos expor o conceito de Linguagem-objeto e meta-linguagem. Imaginemos que estamos por detrás de um vidro espelhado, assistindo a entrevista entre um policial e um suspeito de um crime. Depois de assistirmos a entrevista, registramos por escrito o que vimos. A cena que nó vimos é a linguagem-objeto. A descrição que vimos é meta-linguagem.


Vamos aplicar isso à Bíblia. A Bíblia é linguagem-objeto ou é meta-linguagem? De um lado, ela tem características de meta-linguagem. Ela descreve fatos ocorridos. Mas ela, em seu propósito original é linguagem-objeto. Ela é a palavra de Deus para nós. Toda vez que esta mensagem está sendo transmitida ela é o poder de Deus, é Deus em ação.


Por outro lado, são muitos os estudos que são realizados sobre o texto bíblico. São exegeses, livros de teologia sistemática e outros. Estes são meta-linguagem. A comunicação cristã se dá quando a mensagem de Deus se torna concreta para a vida das pessoas. Ela precisa ser menjagem-objeto. Não que a meta-linguagem não tenha valor. Mas a Bíblia está aí para ser a linguagem de Deus para as pessoas.

¬^^

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Bíblia, Comunicação, IV Fórum de Ciências Bíblicas, Linguística

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s